Página Inicial      Curriculum      Serviços        Publicações       Notícias         Contato         Agenda

 

Bipolar: mudanças extremas

e sérias de humor

 

Claudete de MoraisTodo mundo pode um dia estar explodindo de felicidade e, no outro, acordar querendo matar o primeiro que cruzar em sua frente. No entanto, para quem sofre de Transtorno Bipolar, as mudanças de temperamento são mais extremas e sérias às experimentadas pelas pessoas comuns. Para a psicanalista Claudete de Morais, é preciso muito critério para avaliar e diagnosticar essa doença, por isso é necessário buscar ajuda de um psiquiatra e do psicoterapeuta. "Oscilações de humor são normais, porque vivemos entre as polaridades, o bem e o mal, o certo e o errado; mas sempre com equilíbrio, o bipolar não tem esse equilíbrio", analisa.

 

Nesta fase de mania ou depressão, a pessoa apresenta modificações na forma de pensar, agir e sentir e vive num ritmo acelerado, assumindo comportamentos extravagantes como sair comprando compulsivamente tudo o que vê pela frente. As causas, que podem ser biológicas, genéticas e sociais, ainda não são inteiramente conhecidas. "Pode também ser proveniente do uso de substâncias químicas. Então são dois tratamentos para o transtorno e para a dependência. É um dos quadros mais difíceis de tratar", aponta a psicanalista do alto de seus 20 anos de experiência clínica.

 

Sabe-se que os transtornos bipolares estão associados a algumas alterações funcionais do cérebro que possui áreas fundamentais para o processamento de emoções, motivação e recompensas. Outro componente envolvido com os transtornos bipolares é a produção de serotonina no tronco-cerebral, uma substância imprescindível para o funcionamento harmonioso do cérebro. "E uma doença muito séria, pois é comum vir acompanhada de ideias suicidas.

 

Pode limitar profundamente e causar muito sofrimento para o doente, a família e os amigos. É preciso tratamento

 
 

 

 

medicamentoso e psicológico para dar suporte a todo grupo que convive com o bipolar", orienta.

 

Sintomas do transtorno bipolar:

 

Uma pessoa com transtorno bipolar sofre alterações de humor, desde mania até a depressão, com períodos de "normalidade". Essas alterações duram de semanas a meses.

Durante a fase de mania, a pessoa pode sofrer dos seguintes sintomas:

  • Sentir-se como "no topo do mundo" e
    ter abundância de energia,

  • Falar e pensar rapidamente

  • Pensar que é invencível

  • Ter comportamentos imprudentes ou
    perigosos para si e outros ao redor

  • Ter delírios de fama e grandeza

  • Sofrer de falta de sono e irritabilidade
    exagerada
    Sintomas durante a fase depressiva:

  • Tristeza profunda

  • Perda de todo o interesse em outras
    pessoas e atividades usuais

  • Sentimento de cansaço contínuo

  • Dormir mais que o comum ou ter insônia

  • Queixa de dores inexplicáveis

  • Risco de suicídio

Causas do transtorno bipolar:

 

As causas do transtorno bipolar são incertas, porém há fatores conhecidos por desempenharem papel no risco para nessa doença mental, como:

  • Hereditariedade

  • Alterações químicas

  • Estresse

Fonte: BIPOLAR: mudanças extremas e sérias de humor. Bem Estar, Itajaí, n.20, p. 12, 2009.

 

[Página Inicial] [Curriculum] [Serviços] [Publicações] [Notícias] [Contato] [Eventos]

Claudete de Morais - Psicoterapia - Psicanálise - Hipnoterapia | Criado por Inova index