Página Inicial      Curriculum      Serviços        Publicações       Notícias         Contato         Agenda

 

Orientação vocacional

e profissional

 

A escolha da profissão é uma das atividades mais importante na vida do jovem.
Hoje existe uma vasta variedade de cursos, onde muitas vezes pode tornar a escolha confusa. Por isso a Orientação é importante, pois ajuda o jovem a tomar uma decisão mais consciente.

Na orientação vocacional/profissional não é realizado somente os tradicionais testes e sim, técnicas de autoconhecimento, avaliações, dinâmicas, questionários, orientações e pesquisas sobre os vários tipos de cursos/profissões que existem. Proporcionando ao jovem uma escolha mais adequada.

Existe diferença entre Orientação Vocacional e Orientação Profissional?

Normalmente se utiliza a Orientação Vocacional para adolescentes que estão com dúvidas sobre que curso/faculdade escolher ou que já começaram um curso e não se identificaram com ele.

E a Orientação Profissional é utilizada para aqueles que já estão no mercado de trabalho, só que não estão satisfeitos com seu emprego ou deseja saber se está na profissão adequada.

A orientação tem a função de auxiliar o jovem através do autoconhecimento, reconhecer suas habilidades, interesses, características pessoais, valores e, também sobre o mercado de trabalho e as profissões.

É importante o jovem fazer essa reflexão sobre si, saber o que gosta e o que não gosta, seus valores e interesses.
Fazendo essas reflexões sobre si e sobre as profissões,

provavelmente o jovem apresentara uma probabilidade mínima de se arrepender da escolha do curso.

 
 

 

 

 

A orientação vocacional/profissional não tem o objetivo de apontar qual a carreira que o jovem deve seguir, mas sim de mostrar as áreas de atuação para as quais esse jovem tem maior aptidão, interesse e habilidade, para que assim ele próprio possa tomar uma decisão.

 

Sobre os testes de Orientação Vocacional/Profissional:

O teste serve para avaliar seu interesse (exatas, biológicas ou humanas), sua aptidão, seu raciocínio e seus valores.
Os testes mais utilizados na avaliação são: personalidade, aptidão e raciocínio.
Perfil de Interesses: são as áreas que motivam o jovem;
Perfil de Aptidão: são as funções de aprendizagem;
Perfil de Raciocínio: indica o estilo cognitivo preferencial do jovem.
É importante deixar claro que o teste não irá definir a profissão certa, mais sim ajudar a clarear suas idéias.

Como é realizado o processo:
 

O processo poder ser executado individualmente ou em grupo.
Consiste em média de seis a oito encontros, sendo um por semana com a duração de 50 minutos cada.
O trabalho se realiza através da anamnese (coleta de dados), questionários, dinâmicas e testes específicos.
No último dia será entregue o relatório com o resultado das avaliações e conclusão.

 

Graziele de Moraes Wippel

PsicólogaCRP12/06595

 

[Página Inicial] [Curriculum] [Serviços] [Publicações] [Notícias] [Contato] [Eventos]

Claudete de Morais - Psicoterapia - Psicanálise - Hipnoterapia | Criado por Inova index